Espelhamento!

Só podemos mudar tudo que está à nossa volta quando mudamos nossa realidade interna. Temos que parar de olhar um ponto específico e olhar o todo. Nós podemos enxergar várias dimensões e senti-las, mas não podemos deixar o ponto de partida. A luz emite todo o seu reflexo e estamos nos beneficiando dela, mas ela está existindo em uma realidade, da qual devemos ter consciência. Para termos uma compreensão maior do todo, temos que aprender a trabalhar com sentimentos e emoções. As emoções tem que ser controladas em níveis. É igual quando ouvimos música, damos o volume adequado para o momento. Só quem pode fazer isso é a consciência. Se deixar as emoções à deriva, elas entorpecem a nossa sabedoria. Nunca é o outro. O outro apenas desperta dentro de nós um turbilhão de sentimentos. Sem o outro não teríamos capacidade de transformar todo esse terreno interno, de dar vida a esse jardim. O outro mostra o quanto somos incompetentes em cuidar de nós mesmos. A tentativa do ego é sempre mudar o externo primeiro. Quando acusamos a outra pessoa de ser a culpada pelos nossos fracassos, tornamos aquele problema sem solução. Todo o problema só pode ser resolvido quando o tornamos nosso. Temos que deixar a crítica externa e olhar para dentro de nós e perceber qual é o melhor caminho. Quando assumimos nosso universo, transformamos a nossa vida. E vamos caminhando…aleks