Renascimento! 

Eu vejo que as pessoas sentem muitas coisas, mas têm a dificuldade de colocarem para fora. Temos que ter habilidades para abrir as janelas destes ambientes escuros que vivemos. Nós aprendemos desde jovens a termos muitos medos. Uma criança em sua fase inicial ouve no mínimo 3600 nãos, (não pode, não deve…) então por mais que esta criança sinta vontade de por fora toda essa energia ela não vai conseguir. Com o tempo de terapia em meu consultório, eu ouvi muitas pessoas querendo voltar no tempo, relatando: gostaria de voltar ao passado… eu deveria ter feito isso… deveria ter feito diferente… Todas estas questões, trazem sofrimentos enormes para estas pessoas, pois estas, estão vivendo caminhos que não gostariam de viver. A proposta que devemos adotar para nosso crescimento, é fazer um renascimento. Renascer é avaliar todo nosso caminho já percorrido e canalizar as energias que estão reprimidas. A mudança só pode acontecer quando liberamos todas as energias que estão reprimidas. Você só pode decorar uma casa ou colocar um móvel novo quando a mesma estiver totalmente limpa, pois se não ele vai se misturar com toda a sujeira e vai parecer que não está ali. Também devemos lembrar que uma semente ao dar vida uma planta ela se parte ao meio. Devemos sentir a dor como algo muito importante para nós, devemos ter coragem quando sentimos dor (aí está o mestre trazendo ensinamentos). É a velha história, todos querem ser diamantes, mas têm medos de serem lapidados. Nós nascemos com poder enorme, mas temos medo de sentir este poder e coloca-lo em prática. Você aí que está lendo este texto, se você tem dentro de você algum poder, coloque – o em prática. Até mesmo um risco colocado em uma tela branca chama a atenção das pessoas. Sempre buscamos as coisas grandes, e por que não o pequeno? Tudo que é grande hoje, um dia já foi pequeno. Não posso esperar que Deus faça por mim, pois o criador já fez tudo que tenho. Quando você vai para a faculdade, os professores te ensinam, colocam dentro de você muitas ferramentas, cabe a você saber usar. Você não fica acessando seus professores, e temos que usar este mesmo método com Deus. Quero deixar claro aqui, nos somos uma manifestação do criador, só nos perdemos no caminho pelas ilusões. Temos que aprender a abrir mão das coisas e não de controlá-las, pois com o tempo aprendemos que não temos controle de nada. Eu fico muito feliz que exista a doença e a morte física. Quando você possui uma doença, é a prova que você não está vivendo totalmente sua essência. A doença é a prova mais concreta de que você se perdeu no caminho. Um ser quando abre o coração ele amplia sua consciência e se aproxima de Deus, e com certeza ele vai viver a saúde, a eternidade e a vida eterna.
Aleks Kallon.