O artista.

Você só morre quando perde a capacidade de explorar todo o talento que veio com você, no seu nascimento. A partir do momento que você não explora seus talentos, não conhece suas belezas, aí você morre, e morre para sempre. Nós temos que ter sensibilidade, em perceber a luz que passa pelas frestas, talvez essa luz seja nossos talentos, a nossa manifestação. O artista enxerga, ouve e sente coisas que passam despercebidas para outras pessoas, portanto ele é imortal. Vamos descobrir o nosso artista, vamos dar vida à ele…e vamos caminhando